Parceria com o Projeto Escola Viva

Os professores, mais do que ninguém, sabem que a escola precisa mudar para ficar mais atraente para os estudantes. Na visita que 55 mestres da Escola Viva – projeto da Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais (SEE-MG)_ fizeram ao Espaço TIM UFMG do Conhecimento na manhã desta quarta-feira (30/03), eles reconheceram que o equipamento científico-cultural  tem tudo para despertar o gosto pelo aprendizado: é lúdico, criativo e interdisciplinar, com os diversos tipos de conhecimento conversando entre si.

Todas as visitas guiadas nas sextas-feiras, a partir do dia 29 de abril até o final do ano, serão destinadas às escolas do Projeto Escola Viva da Capital e Região Metropolitana de Belo Horizonte, numa fase inicial da parceria firmada entre Espaço TIM UFMG do Conhecimento e  SEE-MG.   A professora de Filosofia do Ensino Médio, Lilian Charini, encontrou na Exposição Demasiado Humano um prato cheio para tornar as aulas mais interessantes. “Achei aqui maneiras de abordar conteúdos como natureza e cultura que não encontraria em outro lugar”, diz, referindo-se aos temas Origens, Vertentes e Águas que compõem a  exposição Demasiado Humano. Segundo Lilian, os recursos da montagem, interessantes e criativos, permitem aos alunos associarem os conceitos apreendidos em sala de aula à prática.
O Planetário  também encantou professores que acreditam na mágica do céu para encantar jovens e  adultos. “Achei emocionante. Essa mesma emoção pode fazer com que as crianças despertem para o prazer de aprender”, declara o professor de Educação Física, Everton Cândido Lourenço. A colega dele, Maria Auxiliadora Machado, que dá aulas para uma turma da Educação de Jovens e Adultos (EJA) completa: “professores de Física, Geografia e História podem dar uma aula única explorando o Planetário. Uma aula como essa será inesquecível”, antecipa.

Parceria de fato

A coordenadora de Ações Pedagógicas do Espaço TIM UFMG do Conhecimento, Débora D’Ávila Reis, diz que o objetivo do projeto com a Escola Viva é afinar a parceria com os professores. “Queremos que seja uma parceria de fato. Que eles nos tragam demandas, assim como vamos levar a eles as nossas demandas”, exemplifica.
A coordenadora do Projeto Escola Viva, Maria Cristina Machado Pinheiro, que acompanhou o grupo de professores, destacou que a aproximação entre comunidade escolar  e Espaço TIM UFMG do Conhecimento vai gerar descobertas.
 
“Será o estabelecimento dessa relação próxima de agora para frente que permitirá ver o que de melhor poderá ser explorado”. Maria Cristina explicou que as visitas das crianças do projeto Escola Viva ao Espaço TIM UFMG do Conhecimento têm grande importância porque os alunos tem raras oportunidades de expandir seus conhecimentos fora da sala de aula. (Nice Silva)

*foto:Izzabella Campos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: